sábado, 21 de julho de 2012

PROP@GACULT * Na angústia nasce o Irmão.


Como é ruim se sentir sozinho não é mesmo?
Principalmente quando aquela solidão que invade nossa alma é aquela que sentimos quando estamos rodeados de pessoas que muitas vezes se dizem nossos amigos.

Parece que os tempos de dificuldade passam mais devagar que os momentos felizes. Parece que tempos felizes nem valem tanto a pena assim, afinal de contas quando estamos sozinhos sequer conseguimos ficar em pé.

Dia 20 de julho (ontem) foi dia do amigo...
Talvez você tenha recebido muitas mensagens no seu celular ou recados pelas redes sociais. Talvez colegas tenham te encontrado e dito: Feliz dia do "amigo".
mas espere um pouco... olhe pra você, consulte a sua memória e tente se lembrar. Quem realmente são seus amigos? quem realmente está dispostos a orar por você? quem deles realmente acrescentam em sua vida? ou melhor! com quantos deles você pode contar em meio as essas dificuldades e crises interiores que as vezes passamos todos os dias?

Amigos de verdade nos dão forças pra caminhar, eles apontam o dedo em nossa cara e nos mostram onde estamos errando, podemos contar com eles em todos os momentos mesmo quando distantes, oram por nós, nos fazem rir, nos irritam, nos fazem chorar, nos apoiam, nos ensinam, nos mostram como agir, e perdem a paciência com a gente.
Amizade não se cobra, se vive.
Amizade não se escolhe, acontece.
Amigos são diferentes sim,
mas nisso já possuem algo em comum.
Amizade não se mede pelo tempo, se mede pela cumplicidade, transparência e sinceridade.

Saiba quem realmente quem são eles e os valorize.
Quero agradecer a todos os verdadeiros amigos que Deus tem colocado em minha vida para andarem junto comigo pelos vales e lugares altos. oro todos os dias por vocês e sei que estarão orando por mim!

"Em todo tempo ama o amigo, e na angústia nasce o irmão" (Provérbios 17:17)
(Na foto está eu e meu amigo mais chegado que um irmão, Junior que me ajudou nesse post. Deus abençoe!)